domingo, 16 de julho de 2017

Maria--

Dedicação exclusiva ao projeto de Deus.
Exemplo de mãe que se entrega, de corpo e alma, ao projeto do filho.
Fidelidade extrema na fé.
Na cultura brasileira, a visão de uma santa que está ao nosso lado. 
Somente aqui no país, são mais de 1100 títulos de nomes distintos dados a ela. 
Isso envolve locais, motivos, circunstâncias, momentos da aparição...O principal, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, oficializado como a Padroeira do Brasil. 
Outorga realizada no final da monarquia, pela Princesa Isabel, que lhe deu a coroa de Ouro e o manto de proteção.
Na Bíblia, mencionada desde o primeiro livro, o Gênesis; passando entre os profetas do Antigo Testamento(Isaías, Jeremias...); pelo Novo Testamento, nos quatro livros do Evangelho, bem como no livro final, o Apocalipse.
Ultrapassa os limites do Evangelho, sendo responsável pelo começo da constituição da Igreja.
Vida sem reclamações, queixas...
Pessoa com um comportamento muito simples, sereno, sagrado e com amor nos pequenos gestos em tudo o que fazia.
Era conhecedora da realidade que a acercava e do seu mundo, mesmo com pouca idade.Ao dar o sim, assume valores sociais contraditórios à sociedade (hostil e hipócrita) com sua condição de grávida.Mesmo assim, encarou a realidade dos fatos, não hesitando ou se amedrontando com o risco de ser considerada adúltera por José, ou de mãe solteira pela sociedade. 
Teve convicção em aceitar o convite do Senhor.
Certeza de fortaleza e referência às mães lutadoras que, na prática, são diariamente sujeitas a esta condenação moral dos fariseus de hoje.A aceitação não foi algo infantil, apesar da idade de 16 anos. 
Houve maturidade sim, perguntando, inclusive, como seria a concepção, posto que não houvesse o ato em si.
Referência para entregarmos nossas falhas, mazelas, inseguranças...
Com seu sim, ela muda os rumos da história da humanidade.No parto, ela mesma o enfaixou e o pôs na manjedoura (compare ao modo que isso acontece hoje).
Desde cedo, começa a conhecer o destino do seu filho. E na trajetória de Jesus, segue sempre seu caminho, com participação ativa na vida do Messias.
No primeiro milagre, nas Bodas de Caná, já estava ela intercedendo: “Façam tudo que ele mandar”.
Força sobrenatural para suportar as dores do mundo, ao ver seu filho sendo perseguido, indo ao calvário e pregado na cruz.Conservava todos os fatos no seu coração, meditava constantemente, e jamais se vangloriou desta situação. 
Nunca se colocou como celebridade.Digna da Virgindade Perpétua, Imaculada, Mãe de Deus: dogmas concebidos pela Igreja.A morte e degradação da carne/corpo estão ligadas ao pecado. 
Porém, no seu caso, como não havia pecado, deu-se a assunção. E ela subiu dignamente aos céus, da forma mais sagrada e nobre perante os olhos do Pai.
Modelo de mulher, mãe, esposa: o máximo de referência para um ser humano.
Aparições?Por praticamente todas as partes do mundo.
Em muitos dos casos, ela se mostra à imagem e semelhança dos mais oprimidos, com aspectos físicos semelhantes aos moradores das regiões em que se revela.
Ela está acima de raça, cor, etnia, cultura...
No México, a Virgem de Guadalupe se manifesta na forma de uma índia, na época em que a nação asteca era devastada pela colonização espanhola.
No Brasil, como negra, no período obscuro e oprimido da escravidão.Em Fátima, Portugal, com trajes típicos simples de uma camponesa.
(...)
E pelo mundo afora, muitos milagres, profecias...
Personalidade reta, convicta, que se entregou integralmente, e como ninguém, ao plano divino. 
Deixou-nos um incomensurável legado.
Que ela sempre nos acompanhe e rogue por nós !

Divagações

Há um sentimento vagando por aí... Verbalizado nos mais extrovertidos. Ofuscado de distintas formas, sobretudo nos âmagos mais fechados,...